Editado por Alice Gonçalves . Tecnologia do Blogger.

#No final, é tudo isso que nos resta

by - junho 08, 2014

Acho que esse, enfim, é o preço que pago pelas chances desperdiçadas. Não pense que é um truque. Estou falando a verdade, encarando a vida como ela é: impiedosa; ela não maltrata ninguém por diversão. Mas, quando seus sonhos estão machucados, você começa a pensar que há uma distância entre o real e a ilusão. Estou pagando pelas minhas ilusões, hoje. No final, tudo o que nos resta é um pouquinho de esperança de um dia melhor, de uma semana mais arrebatadora, de um ano mais amoroso. Quando é que vamos abandonar todas essas bobagens e lembrar que não são as ilusões que nos destroem? Pense como queira, mas eu lhe afirmo: sua semana está uma porcaria porque você não dançou no meio da rua, não sorriu para aquela pessoa que você gosta, não se perdeu no emaranhado de seus pensamentos, não se perdoou por ter fracassado. Porque, no fim, tudo isso é culpa sua. Você perdeu suas chances, assim como eu, por ser idiota, por ter ficado no mesmo lugar, por não ter dito o que gostaria. 

E, acredite, a vida dá o troco. A gente apanha pra aprender a levantar, pra aprender a parar de se decepcionar, pra aprender a entender o mundo. E, no final, você vai perceber que, se você apanhou da vida, foi porque mereceu: o que você fez para impedir isso? Certo. Nada. Você não aproveitou o seu fim de semana, não viu os olhos mais bonitos do mundo, não deu a chance para aquela pessoa que, no fundo, você detesta sem razão alguma. Apenas me diga, o que aprendeu? Qual foi a maior lição da sua vida, querido? Foi quando você caiu da bicicleta e chamou pela sua mãe? Não se engane, você está sozinho nessa. Se vai aprender algo, vai ser por conta própria. Aprenda a sorrir para a vida, que ela lhe sorrirá, também. Não pense que ela é perfeita, por favor, não seja idiota. Mas se você oferecer a ela o mínimo possível, ela lhe retribuirá com algumas surpresas ótimas. 

Não há nada lhe prendendo agora. Não é um teste, então mergulhe de cabeça nessa. Entenda a vida, antes cedo demais do que nunca. Quanto mais próximo você fica do limite, mais você sabe que está conquistando algo. Por isso, não se acanhe: se quer algo vá atrás. A vida não vai te dar tudo só porque você nasceu numa família normalzinha. Espere aí, não tente também comprar a vida, estamos entendidos? Ela vai desdenhar de você. 

Finja que tem algum controle e uma escolha diante de tudo isso, querido. É a sua vez de dar esse passo. Infelizmente, você é obrigado. Não posso fazer tudo por você. A vida? Ainda não aprendeu? Ela está rindo de você. Ela vai bater na gente, tanto quanto possível, até que entendamos o porquê de tudo isso, de todas essas encruzilhadas, de todas essas maldições que nos perseguem, de todos esses dias difíceis. Por isso, não tente enganar a sua estrada, pois ela te conhece. Não adianta você pegar o caminho mais curto, ou o menos perigoso. Você não sabe o que pode encontrar. A vida vai te bater, se você for covarde. E não haverá meios de você impedir. Não adianta pedir socorro a sua mãe, ou gritar por clemência. Faça uma escolha, mas não se esqueça das consequências. 

Aí está você bem em frente da vida, encarando-a como se tivesse medo dela. Não precisa disso, querido. Você vai ser puxado pela escuridão num desses dias e não vai poder hesitar para sempre. No meio da confusão, você tem que tomar uma decisão. No meio da alegria, você tem que achar uma saída. Aprendeu? Não deixe se abater, mesmo que você precise desistir. Vamos combinar de nunca desistir? Senão, de que valerá o seu esforço? Persistência, meu amor. Não chore agora, porque no fim você estará sorrindo, lá no seu topo. Onde você merece, num lugar seguro. 


Love
Nina 

You May Also Like

3 comentários

  1. Que texto inspirador Nina! Nossa, a gente começa a ler e nada te desprende dele. Repito, NADA!
    Lindo mesmo, e nos faz querer mudar certas atitudes que podem "tentar" nos fazer desistir. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Nossa Nina, que texto lindo, você falou apenas verdades, devemos aproveitar melhor o tempo e não ficar na mesmice de sempre. Obrigado por ter feito esse texto.
    http://www.marcasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, obrigada pelo comentário, mas, para evitar passar vergonha na internet, por favor, não seja LGBTQfóbico(a), racista ou machista. O mundo agradece :)
Qualquer preconceito exposto está sujeito à remoção.

Torne o mundo um lugar melhor: não seja babaca :)



INSTAGRAM